Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Olá Mimi

Nuvem de sonhos. Lágrimas e sorrisos à desgarrada. O mundo guardado num baú entre as linhas da poesia e as sombras do medo. A força. A alma e o sol. Eternidade! O meu sonho, a minha realidade!

Olá Mimi

Nuvem de sonhos. Lágrimas e sorrisos à desgarrada. O mundo guardado num baú entre as linhas da poesia e as sombras do medo. A força. A alma e o sol. Eternidade! O meu sonho, a minha realidade!

Sonha. Sem medo.

Olá Mimi.

Não podes negar os teus sonhos. Não podes ter medo.

São os medos que nos impossibilitam de avançar. O tempo é escasso, o calendário vai continuar a somar mais números. 

Assume os problemas como uma mais-valia, transforma-te, é a tua possibilidade de mudares, de conquistares.

Nada tens a perder.

Tens que acreditar no destino. Vão existir momentos bons e momentos maus.

Aceita. Aceita tudo tal como é. Amanhã poderá ser diferente.

Conforma-te. Não desistas.

Se fracassares recomeça novamente. O teu destino és tu que o conquistas.

Não procures muitas respostas, não ouças muitas opiniões.

Só te irão criar mais confusão. Tu sabes o que é melhor para ti e que decisões tomar.

Aceita as tuas origens. Foram elas que fizeram de ti o que és hoje.

Larga o passado. Retém o que aprendeste com ele.

Nada é garantido e tu vais aprender isso.

Ouve essa voz interior que te ensurdece a cada silêncio.

És capaz!

Vive com paixão, vive com coragem. Viver não é difícil, difícil é saber viver.

Transforma esse teu estado de espírito. Cria. Dedica-te ao que te faz feliz, ao que te realiza, ao que te completa.

Dá valor aos pormenores da vida, são as pequenas coisas que te fazem maior.

Confia em ti e nas tuas capacidades.

Sê paciente e persistente.

No reflexo do teu olhar estamos nós.

Aguardamos para te aplaudir de pé. És o nosso orgulho.

O tempo será sempre escasso e o céu será sempre o limite.

Olá Mimi.

Sonha. Sem medo.

 

adorable-blur-child-573253.jpg

Foto de: Matheus Bertelli 

 

Não desistas

Olá Mimi.

Presentes vão ser transformados em passados, surgirá tudo de uma forma muito encantadora na tua memória.

Palavras vão fazer sentido e finalmente vais entender significados. Talvez as voltes a partilhar.

«Não desistas, concentra-te porque tu consegues».

Palavras que te fizeram confusão em momentos de cansaço.

A vida é como andar de bicicleta. Temos que manter sempre o equilíbrio e manter-nos sempre em movimento.

Custa dar as primeiras pedaladas, colocamos defeitos em tudo quando na verdade é a nossa falta de força que não nos faz avançar.

O medo reina mas ao mesmo tempo sentimos a segurança de uma mão nas nossas costas. Dão-nos os pequenos impulsos que precisamos e nos fazem acreditar.

Quando sabemos o básico essas mãos vão desaparecendo, vão acreditando que somos capazes.

Surgem os primeiros erros, as primeiras quedas.

Confiança em demasia ou mesmo só pequenos obstáculos. Por mais que nos tentem preparar para esses percalços nunca sabemos quando vamos cair.

Aprendemos com os erros e tentamos de uma forma contínua evitá-los.

A vida é muito semelhante àquele momento em que aprendeste a andar de bicicleta.

Retém o melhor. Sente o vento na cara, usufrui da liberdade que te faz sentir.

As mãos vão saindo a cada etapa da tua vida. Vais ter que te manter no equilíbrio.

Quando caíres ou estiveres a ser vencida pelo cansaço recorda-te daquelas palavras no passado.

“Não desistas, concentra-te porque tu consegues!”

Consegues mesmo. É como andar de bicicleta.

Olá Mimi.

Estamos aqui para te ajudar a levantar.

 

bike-child-cute-164441.jpg

Foto de: Pixabay